terça-feira, 27 de março de 2018

A resistência à exploração é uma necessidade básica.

 Apoiar as lutas cotidianas em locais de trabalho, organizar essas lutas para conquistar bem-estar e liberdade. Organizar o movimento de desempregados piqueteiros, enfrentar a exploração.
 Um primeiro passo é exigir melhorias imediatas no SINE Araxá, fica cada dia mais evidente que vagas de trabalho se tornaram um negócio lucrativo para agências de emprego. Essas agências que compram um direito nosso para depois cobrarem por uma vaga, total repúdio aos negociadores de direitos, pela ação direta e pela construção de um movimento piqueteiro. Não pagaremos por nossos direitos garantidos, empresários que lucram com a exploração e os dramas que tem vivido o povo. Organizar para lutar e resistir.
Contra o desemprego.
Por melhorias imediatas no SINE Araxá.
Contra as agências de emprego.
Sindivários Araxá.

COB/AIT

quinta-feira, 8 de março de 2018

Construção civil pede socorro!

 É alarmante o número de trabalhadores da construção civil desempregados, algumas poucas frentes de trabalho são abertas porém com poucas contratações, nada comparado ao período anterior às reformas, sem nenhuma garantia e sempre em busca de trabalho. As companhias mineiradoras terceirizam os trabalhos nessa area, logo a demissão se torna muito mais fácil. É desesperadora a situação de milhares de companheiros em Araxá, fomos todos descartados assim que chegou a contenção de gastos dos capitalistas. Nós sofremos as piores consequências e nós devemos lutar, por garantias e abertura de frentes de trabalho para todos, contra as terceirizações e pela autogestão sindical.

Queremos trabalhar, não somos descartáveis!

Sindivários Araxá

FOM/COB/AIT

Dia Internacional das Mulheres

 Todo nosso apoio as greves feministas.

Feliz dia de luta para todas as companheiras.

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

SUA ORGANIZAÇÃO É SUA DEFESA.

 Isolados e desorganizados somos facilmente explorados sem qualquer chance de defesa. A organização de defesa e luta sob principios anarquistas tem uma conduta muito bem definida.
*Não aceitamos dinheiro do Estado e nem das patronais.
*Apoio mutuo e solidariedade entre semelhantes.
*instrumento de luta e defesa da classe trabalhadora, jamais seremos braço de partido político; questões de principios que garantem ao anarcossindicalismo todas as vacinas contra o parasitismo sindical/partidário.
Somos instrumento de luta por melhorias imediatas, o máximo bem estar e liberdade. Lutas efetivas, desenvolvidas desde assembleias, promovendo autogestão sindical. É preciso estar organizado, contra exploradores e opressores, em defesa da nossa gente.
Organizados os oprimidos e explorados são mais fortes. Não vendemos nossos principios! Nossa organização é nossa  defesa.


Participe das assembleias, organize núcleos de resistência.


Sindivários Araxá COB/AIT




domingo, 25 de fevereiro de 2018

SEMPRE ANTIFASCISTA!

 Em mais um Fevereiro antifascista, na luta contra todos os preconceitos e no combate contra a extrema direita e o avanço de grupos fascistas.
 Nos concentramos as 18:00 Horas na praça da estação, saudamos todos os presentes, fizemos ampla panfletagem e decidimos partir para a avenida Antonio Carlos, da igreja matriz ao teatro municipal entoando cantos anarquistas e antifascistas, agitando bandeiras e com sinalizadores;  expressamos o chamado contra o racismo, o machismo, a homofobia e a perguição do Estado contra os jovens da periferia.
  Encerramos o ato as 22:30 em frente o teatro municipal e evidenciando mais uma vez a resistência que praticamos e as lutas por bem estar que mantemos.



Viva a luta antifascista.


segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

FEVEREIRO ANTIFASCISTA

 É um chamado contra o fascismo expressado por muitos, em atitudes preconceituosas, violentas e que sufocam as liberdades individuais.
 Em fevereiro do ano 2000, grupos nacionalistas assassinaram o adestrador de cães Edson Néris por estar passeando de mãos dadas com seu companheiro, desde então a COB/AIT convoca o fevereiro antifascista. Estamos contra os grupos nacionalistas que atacam também socialistas, punks, lésbicas, judeus, ciganos e todos que estejam fora do padrão imposto por lideranças fascistas,  desses como bolsonaro, que apoia o espancamento de gays e também faz declarações racistas.  Não é de hoje que alertamos para a necessidade de denúncia e auto-defesa, e nem mesmo em razão do crescimento desses grupos, mas, sim porque entendemos que o capitalismo sempre usou deles para garantir uma estabilidade aos exploradores, eles querem uma sociedade sem questionamentos, o nazi-fascismo não se restringiu a Alemanha, Itália, Espanha; entre os anos 1920/1930 estes grupos tiveram um grande crescimento, que se tornaria o holocausto e o massacre de milhões
 No Brasil esta tendência se manifesta no integralismo, nacionalismo que tenta esconder a eugenia racista.
O próprio líder destes grupos e as políticas de Estado incluiam teses racistas e de forte cunho nazista, registros e estudos não faltam.

É de extrema importância enfrentar o fascismo, fortalecer a auto-defesa e denunciar nas ruas os crimes e as idéias autoritárias. Lutar contra todos os preconceitos, garantir que as relações humanas estejam livres da tutela do Estado e da falsa moral que já matou tantos.

Em memória de todas as vitimas do fascismo, em auto-defesa e na luta pela liberdade-Hoje e Sempre
Antifascista!




FEVEREIRO ANTIFASCISTA
PRAÇA DA ESTAÇÃO
19:00 HORAS

SÁBADO 24/02/2018

A LUTA CONTRA O FASCISMO
É A LUTA PELA LIBERDADE


Sindivários Araxá COB/AIT
Federação Operária Mineira
Ação Antifascista/Antifa/AAX